Iroco / Tempo - | Templo E. Pai Oxoce |

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Iroco / Tempo


Iroco ou Tempo é um Orixá originário de "Íwerè", região que fica ao leste de "Oyó" na Nigéria.

Tem um dito que diz "O tempo dá, o tempo tira, o tempo passa e a folha vira", muitas vezes precisamos que o tempo nos seja favorável, e outras não, quero dizer, precisamos de tempo curto ou longo, com o bom uso do tempo, muitas coisas se modificam, ou podemos modificar.

Iroco tem um temperamento estável, de caráter firme e em alguns casos violento.

Na Nigéria, Iroco é cultuado numa árvore que tem o mesmo nome. Porém, no Brasil esta árvore foi substituída pela gameleira-branca que apresenta as mesmas características da árvore usada na África. É nesta árvore, a gameleira-branca, que fica acentuado o caráter reto e firme do orixá pois suas raízes são fortes, firmes e profundas.

Iroco foi associado ao vodun daomeano Loko dos negros de dinastia Gêge e ainda ao inkice Tempo, dos negros bantos.

Iroco, na verdade, é o Orixá dos bosques nigerianos, onde lá na Nigéria é muito temido, porque como conta um Itan, ninguém se atrevia a entrar num bosque sem antes reverenciá-lo. No Brasil, é nos pés da gameleira-branca que fica seu assentamento e também é ali que são oferecidas suas oferendas.
Sua cor é o branco e ainda usa palha da costa em sua vestimenta.

Sincretismo

Gêge: Loko
Nagô: Irokô
Angola: Maianga / Maiongá
Catolicismo: São Francisco de Assis

Saudações

---


Nós, filhos da Umbanda, precisamos prestar atenção à este Orixá que trabalha ininterruptamente, determinando o espaço e o tempo que cada ser tem para empreender sua jornada retificadora perante a eternidade. É ele que faculta aos Orixás para zelarem e encaminharem seus regidos dando-lhes seus atributos que podem gerar alternativas positivas ou negativas, que determinarão a caminhada normal ou o atraso perante a eternidade. É ele, o Orixá Tempo que por ordem superior (Zâmbi) nos faculta o livre-arbítrio da escolha do caminho a seguir, estando provado sobejamente através da história da humanidade e de cada um em particular, que iremos sempre colher o que semearmos, não importa em que tempo ou quando, mas este Orixá é imperturbável em sua cobrança.

Nós humanos, que temos um intelecto em desenvolvimento, que temos uma ligação direta com o nosso espírito, nos é dado por este Orixá, as vezes, a oportunidade de viajarmos em seu veículo, e retrocedermos no tempo e no espaço, para verificação real das promessas feitas à nós mesmos quando do reencarne em missão neste planeta presídio, para termos a noção exata do que devemos fazer ou agir em benefício do cumprimento da nossa missão. São as chamadas regressões, quando autorizadas por Ele.

Portanto seria de bom alvitre que cada um por si procurasse ao final de cada jornada, verificar todos os nossos atos, ações e reações, para que tenhamos tempo de corrigir nossa trajetória à caminho da Eternidade.

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal